Você está aqui: Página Inicial Notícias Setor hoteleiro oferece oportunidade para jovens sem experiência

Setor hoteleiro oferece oportunidade para jovens sem experiência

Crescimento profissional depende de dedicação aos estudos

Por Daniele Próspero / Portal Busca Jovem

Comprometimento, atitude e muita disposição para atender ao público. Esses são os pré-requisitos básicos para aqueles que quiserem investir em carreiras do setor hoteleiro. Para os jovens que buscam o primeiro emprego e acreditam ter este perfil, a área de hotelaria é, sem dúvida, uma boa oportunidade, tendo em vista que, para os cargos mais operacionais, não são exigidas experiências anteriores no ramo.

Mauricio Reis, gerente de Recursos Humanos da Accor Hospitality, grupo hoteleiro francês com unidades em vários países e maior operadora hoteleira da América Latina, aponta que as características pessoais, no início da carreira, são requisitos mais fortes do que diversos conhecimentos sobre o cargo. "O perfil do profissional, como ter facilidade em se comunicar e saber se relacionar com as pessoas, é mais importante. A técnica, o ofício, a gente ensina", garante o gerente.

Para os cargos operacionais – como arrumadeiras, atendentes de hospedagem e garçom – o salário varia entre R$ 700 e R$ 900 mensais. Mas, para crescer profissionalmente, passando para cargos mais estratégicos, é preciso dedicar-se também aos estudos. Mauricio Reis explica que, para os cargos em que há uma interação maior com o público, como a recepção dos hóspedes, é exigido o Ensino Médio completo. Já aqueles que quiserem alcançar cargos de chefia e gerência-geral, terão de cursar o Ensino Superior. Além disso, estudar outro idioma, como inglês e espanhol, pode ser uma ótima oportunidade para conquistar novos postos de trabalho dentro do hotel, tendo em vista o fluxo de hóspedes estrangeiros. Uma boa possibilidade de formação também são os cursos técnicos oferecidos na área.

O importante é ficar atento às oportunidades, uma vez que o setor está em pleno aquecimento no país. A própria Accor irá abrir, em 2009, mais de 600 vagas para os 10 novos empreendimentos, com inauguração prevista este ano nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, nas cidades do Rio de Janeiro, Santos, Goiânia, Aracaju, Maceió, Belém do Pará, Macapá, Poços de Caldas e Uberlândia. Esses novos hotéis fazem parte do plano de expansão da empresa, que espera administrar 40 novos hotéis em todo o Brasil até 2011. Serão mais de 2,2 mil empregos diretos gerados neste período.

Formação diferenciada

Conhecer o dia-a-dia de um hotel e todos os procedimentos necessários para o seu funcionamento pode ser um bom diferencial para se concorrer a uma vaga no setor. Organizações sociais que oferecem formação e qualificação profissional já estão atentas a esta demanda cada vez mais crescente e oferecem cursos com este enfoque aos jovens.
 
O projeto Youth Career Initiative (YCI), um programa de educação, capacitação e auxílio à inserção no mercado de trabalho para jovens de baixa renda, é uma destas iniciativas. O YCI foi criado em 1995 no Hotel Pan Pacific, em Bangkok, na Tailândia, e é desenvolvido no Brasil desde 2005, tendo a coordenação do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social – IDIS e gerenciamento global do International Business Leaders Fórum – IBLF.

O projeto acontece nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro em parceria com nove hotéis de categoria cinco estrelas: Marriott São Paulo Airport, Grand Hyatt, Intercontinental (SP e RJ), Marriott Executive Apartments, Rio Othon, JW Marriott, Renaissance e Copacabana Palace. A iniciativa conta ainda o apoio técnico e financeiro do Instituto Ibi de Desenvolvimento Social e do Instituto Hedging Griffo,

A formação é direcionada à faixa etária de 18 a 21 anos, com Ensino Médio concluído. Durante 24 semanas - 928 horas - os jovens participam de aulas práticas e teóricas, ministradas por diretores e gerentes voluntários de diversos departamentos dos hotéis participantes. Fazem parte da formação aulas de inglês, colocação profissional, postura em ambiente de trabalho, governança, cozinha, manutenção e telefonia, entre outras.

Assim, os jovens aprendem o funcionamento do hotel, desde a parte administrativa, compras, reservas, passando também pela parte operacional da cozinha, lavanderia, etc. Os participantes do projeto recebem ainda vale-transporte, uniforme, material didático, seguro de vida e alimentação no hotel.

"É um treinamento, mas com a vantagem do jovem ver na prática o dia-a-dia de uma empresa. Assim, ele está preparado não só para atuar na rede hoteleira, mas para o mercado de trabalho formal como um todo", explica Irene Negreiros, gerente de projeto do IDIS. Durante a formação, os jovens acompanham, por exemplo, todo o processo desde o momento em que o setor de Vendas recebe uma solicitação de orçamento para um evento até a sua realização, com a montagem do cardápio e a preparação do buffet, entre outros detalhes. "Com essa visão ampla que a formação traz aos participantes, eles conseguem entender todos os processos e inter-relacionar as áreas. É um diferencial importante que adquirem", explica a gerente.

Irene Negreiros explica que não há o compromisso dos hotéis contratarem os jovens ao final do treinamento, mas, diante da dedicação e comprometimento dos jovens na formação, muitos acabam conquistando uma vaga no hotel. De 2005 a 2008, mais de 230 jovens participaram da formação, sendo que 73% dos participantes (até 2007) estavam atuando na área.

Conquista do emprego

Roberto Conceição do Nascimento, 21 anos, é um dos jovens que conseguiu uma oportunidade no setor após participar do projeto YCI. Há dois meses, desde que foi contratado pelo Hotel Intercontinental, local em que fez a formação no projeto, ele tem uma rotina bem corrida. Levanta às 5h, toma café da manhã e se prepara para enfrentar mais de duas horas e meia de percurso até o trabalho. Depois de pegar ônibus, trem e metrô, o jovem, que mora na região de Itaquaquecetuba, chega ao hotel, que fica próximo à Avenida Paulista, em São Paulo.

Tanta correria poderia até deixar alguns um tanto cansados, só de imaginar o tempo gasto para ir e vir do trabalho. Mas, para Roberto, isso é apenas um detalhe frente aos diversos benefícios e conhecimentos que tem adquirido desde que foi contratado.

O jovem, que "nunca imaginou trabalhar no setor hoteleiro", se identificou tanto com a área de manutenção do hotel que diz ter encontrado o que realmente quer seguir como carreira. Ele ainda está em fase de experiência, mas dedica-se ao máximo para conquistar uma posição no hotel e não sair de lá tão cedo. "Tenho muitas coisas que aprender e estudar. Agora que comecei, não vou parar mais", promete.

Serviço

Accor
Os interessados em concorrer às vagas oferecidas pela Accor, podem cadastrar currículos no site.

Projeto YCI
As inscrições para o projeto YCI estão abertas até o final do mês de janeiro. Para participar, o jovem deve ter entre 18 e 21 anos, Ensino Médio completo, e renda familiar de até três salários mínimos. A ficha de inscrição está disponível nos endereços: São Paulo e Rio de Janeiro. Informação pelo telefone: (11) 3031-9032 ou e-mail: yci@idis.org.br.

Ações do documento
comments powered by Disqus