Você está aqui: Página Inicial Notícias Juventude é pauta no Fórum Social Mundial de Porto Alegre

Juventude é pauta no Fórum Social Mundial de Porto Alegre

De volta a Porto Alegre na edição em que comemora seus 10 anos, o Fórum Social Mundial 2010, irá ocorrer entre os dias 25 e 29 de janeiro e tem como foco a avaliação de uma década de encontros. A temática da juventude estará sendo debatida no decorrer do evento por especialistas da área que participam da mesa “A participação da juventude na construção de políticas públicas: um legado histórico”.

Pela primeira vez, o evento se concentrará na discussão de suas perspectivas e estratégias. Além disso, ao final, terá uma agenda e conclusões definidas pelas principais organizações que integram o FSM.

Pela manhã, a organização do FSM trará grandes nomes já cativos do evento, como Boaventura de Sousa Santos, Immanuel Wallerstein e Leonardo Boff para fazer um balanço dos 10 anos e discutir propostas para futuros fóruns. Para esses seminários foram também convidados chefes de Estado e lideranças políticas.

O fórum 2010 seguirá, no período da tarde, como sempre funcionou: atividades organizadas por entidades de todo o mundo, autogestionadas. Essas atividades irão ocorrer em Porto Alegre e em outras seis cidades da região metropolitana.

Foco nos jovens

Outro ponto curioso é que a mudança de foco nos temas atraiu mais jovens para o Fórum. Essa foi a conclusão da pesquisa lançada pelo Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), a uma semana do evento. O levantamento mostrou que uma nova geração de ativistas procura espaço no evento, que mudou de perfil na última década.

A pesquisadora do Ibase, Marina Ribeiro explicou que o Fórum Social Mundial desse ano apresenta como característica nova uma mudança no perfil dos participantes. Segundo ela, antes ele era representado por grandes movimentos tradicionais como sindicatos, empresas e ONGs e hoje é composto por grupos de jovens ativistas que defendem várias causas sociais.

O levantamento do Ibase entrevistou 2.262 participantes na edição do Fórum de Belém (PA), dos quais 64% têm entre 14 e 34 anos. Do total, 8% têm mestrado ou doutorado, 34% têm formação superior, 39% ainda não concluíram a faculdade, 15% têm entre 9 e 12 anos de estudo e os demais afirmaram ter até 8 anos de escolaridade. A pesquisa também constatou que 76% participavam do evento pela primeira vez, o que, segundo o texto, é “um indicativo de renovação”.

Acampamento da Juventude

Com o tema central “Os Movimentos em Movimento”, o Acampamento Internacional da Juventude (AIJ) desenvolverá três eixos temáticos específicos: Educação, Saúde e Participação Social; Desenvolvimento Sustentável e Democracia Participativa; e Agricultura Familiar e Orgânica.

Eles serão distribuídos em sete espaços temáticos dentro do parque e outros quatro Espaços de Livre Ocupação (ELOs), que serão montados nos bairros Santo Afonso/Liberdade, Boa Saúde, Canudos, Kephas/Roselândia

No último dia, algumas organizações e movimentos com participação histórica no FSM irão definir uma agenda de ação.  Depois de Porto Alegre, o FSM segue para Salvador, na Bahia. Outros eventos estão programados para cidades em todo o mundo.

Criado em 2001 como oposição ao fórum econômico de Davos, o encontro se consolidou como o principal ponto de debate dos movimentos sociais e entidades da sociedade civil do mundo.

Mais informações: http://www.forumsocialmundial.org.br

Fonte: Secretaria Nacional de Juventude

Ações do documento
comments powered by Disqus