Você está aqui: Página Inicial Notícias Jovens em conflito com a lei serão estagiários em Tribunais pelo país

Jovens em conflito com a lei serão estagiários em Tribunais pelo país

Jovens com idade entre 16 e 21 anos, em situação de conflito com a lei, terão a oportunidade de estagiar em Tribunais de todo o Brasil, de acordo com uma recomendação feita pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no último dia 13, aos Tribunais brasileiros. A proposta é que eles contratem estes jovens para estágios ou ainda que os encaminhem para atividades de prestação de serviços à comunidade.

A iniciativa está baseada em um acordo que foi firmado entre o CNJ, Tribunais com sede em Brasília, Capital Federal, e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Distrito Federal. A ideia é que os estados abracem a causa e acompanhem o exemplo de Brasília.

Os jovens deverão receber bolsas de estágio, transporte e seguro de vida. Os responsáveis pelos pagamentos devem ser os tribunais e a OAB. Estas entidades, participantes do termo de cooperação técnica, também devem fazer relatórios periódicos avaliando as atividades dos estagiários e a freqüência deles ao trabalho.

Ações do documento
comments powered by Disqus